1º Torneio de Tênis do CPR Sul

 01/07/2022 às 00:00 horas
 Av. Ferroviária - Iguape (sede do CPRS) Ilhéus BA


O 1º Torneio de Tênis do CPRS faz parte de um conjunto de atividades desempenhadas, ao longo do ano de 2022, em comemoração ao 20º aniversário do Comando de Policiamento da Região Sul – CPRS.

 

O torneio será na modalidade mata-mata, onde cada confronto elimina um atleta e qualifica o próximo a passar de fase, salvo em casos específicos onde a categoria tenha menos de 08 participante podendo ser mesclado entre mata-mata e todos-contra-todos.

 

As partidas serão disputadas em sistema de 08 games pró com diferença mínima de 02 games para ser declarado o vencedor. Caso a partida chegue em 07 a 07 o vencedor será o jogador que fizer 09 a 07 ou vencer no Tiebreak, em casos onde o jogo se iguale em 08 a 08 nos games.

 

O aquecimento será de 5 minutos antes do jogo na quadra da partida com tempo controlado pela organização do evento.

 

Os atletas deverão se apresentar à mesa organizadora 30 min antes do horário da partida tendo como tolerância máxima 15 min de atraso para se apresentar para a partida.

 

O W.O. será oficializado pela palavra do árbitro geral do torneio após passado o tempo de tolerância (15min do horário de início da partida) e o atleta não se apresentar à mesa organizadora.

 

É proibido Coaching ou torcedor dando dicas no decorrer das partidas. Se houver denuncia a este respeito o treinador, ou torcedor(es), que estiverem dando dicas (orientações) serão conduzidos para fora do quartel, ou o atleta beneficiado poderá ser penalizado pelo árbitro geral do torneio ou árbitro da partida. No primeiro caso de descumprimento a arbitragem poderá advertir os infratores, coaching/torcedor(es), informando-os sobre as penalidades que poderão ser aplicadas. 

As orientações devem ser passadas pelo árbitro (geral ou da partida) antes dos atletas iniciarem a partida.

 

DEMAIS ORIENTAÇÕES CONSTAM NO REGULAMENTO DO EVENTO.

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA

COMANDO DE POLICIAMENTO DA REGIÃO SUL

 

1º TORNEIO DE TÊNIS DO CPRS

 CAPÍTULO I -              Objetivos

 

Artigo I.              O 1º Torneio de Tênis do CPRS faz parte de um conjunto de atividades desempenhadas, ao longo do ano de 2022, em comemoração ao 20º aniversário do Comando de Policiamento da Região Sul – CPRS.

 

Artigo II.            O torneio tem como finalidade incentivar a prática esportiva, estreitar os laços entre PM e comunidade por meio do esporte, difundir a prática do Tênis como atividade esportiva na região, estimular o cuidado à saúde por meio da atividade física regular e expandir os princípios esportivos como fator capaz de aumentar a civilidade e melhorar a qualidade de vida.

 

CAPÍTULO II -             Das Disposições Preliminares

 

Artigo III.           O evento será regido pelas regras oficiais da Confederação Brasileira de Tênis, salvo os dispostos neste regulamento.

 

Artigo IV.          Caberá ao CPRS, por meio do Cap PM Clayton (Oficial responsável pelo torneio), organizar e dirigir o torneio, estabelecer equipe organizadora e oferecer a estrutura necessária para o perfeito desenvolvimento do evento.

 

Artigo V.           O torneio terá como responsável técnico o Professor Givanildo Feitosa, o qual se responsabilizará por fazer cumprir as normas oficiais da Confederação Brasileira de Tênis e/ou as disposições especiais estabelecidas neste regulamento.

 

Artigo VI.          As partidas serão realizadas na quadra da sede do CPRS.

Artigo VII     A inscrição tem o valor de R$ 35,00  e deverá ser efetivada no ato da inscrição. 

CAPÍTULO III -           Dos participantes

 

Artigo VIII.       A participação no Torneio será realizada por meio de inscrição eletrônica no endereço: www.races.com.br/cprs20anos. As inscrições serão iniciadas no dia 01/07/2022 às 08:00. As inscrições estarão abertas até completar as vagas de cada categoria. 

 

Artigo IX.          O professor do atleta inscrito poderá ser consultado para que a coordenação técnica reconheça se o nível do atleta condiz com a categoria escolhida. Para tal, o atleta deverá mencionar qual o é o nome do seu professor, caso seja contactado pela coordenação do torneio, sendo excluído sua inscrição em casos onde o atleta se recuse a informar os dados e contatos solicitados pela direção.

 

CAPÍTULO IV -          Das Provas e Sistema de Disputa

 

Artigo X.           O Torneio terá 5 categorias:

                   Iniciante - Feminino

                   Iniciante - Masculino

                   5ª Classe - Misto

                   4ª Classe - Misto

                   3ª Classe - Misto

 

Artigo XI.          Cada classe terá o máximo de 08 participantes e o mínimo de 03, sendo excluído a classe que não possua o mínimo necessário para o torneio.

 

Artigo XII.         O torneio será na modalidade mata-mata, onde cada confronto elimina um atleta e qualifica o próximo a passar de fase, salvo em casos específicos onde a categoria tenha menos de 08 participante podendo ser mesclado entre mata-mata e todos-contra-todos.

 

Artigo XIII.       As partidas serão disputadas em sistema de 08 games pró com diferença mínima de 02 games para ser declarado o vencedor. Caso a partida chegue em 07 a 07 o vencedor será o jogador que fizer 09 a 07 ou vencer no Tiebreak, em casos onde o jogo se iguale em 08 a 08 nos games.

 

Artigo XIV.      O aquecimento será de 5 minutos antes do jogo na quadra da partida com tempo controlado pela organização do evento.

 

Artigo XV.        Os atletas deverão se apresentar à mesa organizadora 30 min antes do horário da partida tendo como tolerância máxima 15 min de atraso para se apresentar para a partida.

 

Artigo XVI.      O W.O. será oficializado pela palavra do árbitro geral do torneio após passado o tempo de tolerância (15min do horário de início da partida) e o atleta não se apresentar à mesa organizadora.

 

Artigo XVII.     É proibido Coaching ou torcedor dando dicas no decorrer das partidas. Se houver denuncia a este respeito o treinador, ou torcedor(es), que estiverem dando dicas (orientações) serão conduzidos para fora do quartel, ou o atleta beneficiado poderá ser penalizado pelo árbitro geral do torneio ou árbitro da partida. No primeiro caso de descumprimento a arbitragem poderá advertir os infratores, coaching/torcedor(es), informando-os sobre as penalidades que poderão ser aplicadas.

 

 

Artigo XVIII.    As orientações devem ser passadas pelo árbitro (geral ou da partida) antes dos atletas iniciarem a partida.

 

CAPÍTULO V -            Prescrições diversas

 

Artigo I.              As partidas poderão ser realizadas sem a presença de árbitro, sendo as marcações realizadas pelos próprios atletas. Contudo, a qualquer momento e em qualquer partida, conforme entendimento da coordenação, um árbitro poderá marcar a partida.

 

Artigo II.            Mesmo nas partidas sem arbitragem o árbitro geral do torneio poderá aplicar penalidades (advertência, perda de pontos/games ou desclassificação) caso haja quebra do código de conduta do atleta.

 

Artigo III.           É proibido “palavrões”, insultos, agressões e/ou qualquer conduta desrespeitosa dentro do quartel do CPRS (local do evento) sendo o atleta penalizado com pena estabelecida no artigo anterior, pelo árbitro da partida ou árbitro geral do torneio; e com a expulsão do quartel para não atletas que acompanham o evento. Para tal é necessário que a mesa organizadora, árbitro ou policial militar flagre a conduta desrespeitosa e acione a coordenação indicando o infrator e a infração.

 

Artigo IV.          Os atletas, acompanhantes ou torcedores deverão se identificar na portaria concedendo todas as informações requeridas pela guarda do quartel, caso seja solicitado. Para isto deverá ter em mãos documento que o identifique.

 

Artigo V.           Os menores de idade deverão estar acompanhados por pessoa maior de idade, sendo este responsável por toda ação dos menores dentro do quartel.

 

Artigo VI.          O professor do atleta inscrito ficará responsável por avisar sobre os horários das partidas e/ou qualquer alteração na programação. Os horários e alterações do cronograma poderão ser informados em grupo de WhatsApp.

 

Artigo VII.         É vedado o trânsito dos atletas/acompanhantes em áreas diversas do estacionamento e quadra de tênis do quartel do CPRS.

 

Cel PM Vanderval Meneses Ramos

Comandante do CPRS

 

 Ten Cel PM Daniel Riccio Teixeira

Subcomandante do CPRS

 

 Cap PM Clayton Dias Machado

Oficial Coordenador do evento

 

Givanildo Soares da Silva Feitosa

Coordenador técnico

           

Aqui vai o texto a entrega do kit

Fale Conosco

PATROCINADORES